perguntas frequentes

respostas às suas perguntas   

frequent questions, Portrait, pigtails, thinking, planning, positive emotion, Ideas, Inspiration, creativity, studying, learning, garden, nature, Asian and Indian Ethnicities

perguntas frequentes

respostas às suas perguntas   

Recebemos perguntas de todo o mundo sobre a obstipação e o laevolac.

Segue-se uma seleção destas com as nossas respostas.

Movimentos intestinais difíceis e dolorosos; sentir gases ou inchaço abdominal; fezes duras e secas ou esforço excessivo para ter um movimento intestinal. É importante lembrar-se de que um ritmo normal não tem de envolver um movimento intestinal diário. A obstipação é diagnosticada quando um doente tem menos de três movimentos intestinais por dia e/ ou fezes duras e secas.

Existem muitas causas da obstipação. Uma alimentação sem fruta fresca, vegetais e cereais integrais suficientes e um estilo de vida sem exercício suficiente são dois fatores frequentes. Mas também são possíveis algumas outras causas como, por exemplo:

  • Determinadas doenças
  • Determinados medicamentos
  • Alterações hormonais; gravidez
  • Recuperação de cirurgia
  • Baixa mobilidade devido a doença ou idade avançada

Algumas pessoas têm um movimento intestinal por dia, algumas pessoas têm mais do que um e outras pessoas têm apenas três ou quatro por semana – todos estes ritmos podem ser normais. Mas se tiver menos de três movimentos intestinais por semana,ou se um movimento intestinal envolver um esforço excessivo e/ou dor, poderá sofrer de obstipação e deve consultar o seu médico.

As mulheres inquestionavelmente comunicam ter obstipação três vezes mais frequentemente do que os homens. Parcialmente, é possível que as mulheres estejam mais cientes da sua saúde e estejam mais dispostas a falar sobre isso do que os homens. Não obstante, existem certamente alguns fatores físicos que afetam a digestão, como as alterações hormonais durante a gravidez e a menopausa.

O ingrediente ativo no laevolac é a lactulose, um dissacarídeo (açúcar duplo) dos açúcares galactose e frutose. A ligação entre as duas partes não é separada no intestino delgado, por isso a lactulose chega ao cólon não digerida.Aí é utilizada como fonte de energia pelas bactérias promotoras da saúde como os bacilos do ácido láctico e as bifidobactérias, estimulando o seu crescimento. Isto aumenta o volume das fezes e quando o cólon está cheio torna-se mais móvel. Além disso, uma vez que estas bactérias benéficas decompõem a lactulose principalmente em ácido láctico, o conteúdo do intestino torna-se mais ácido, o que aumenta a retenção de água no cólon. Isto torna as fezes mais macias.

O uso de laevolac pode ser considerado durante a gravidez. A longa experiência e os estudos clínicos não demonstraram evidências de efeitos indesejáveis ou prejudiciais durante a gravidez. No entanto, deve consultar o seu médico antes de tomar qualquer laxante, incluindo o laevolac, quando estiver grávida.

LA lactulose é indicada e aprovada para tratar a obstipação em crianças, incluindo bebés e crianças pequenas. No entanto, a situação de aprovação do laevolac pode não ser a mesma em todos os países do mundo. Consulte o seu pediatra ou farmacêutico antes de dar ao seu bebé qualquer medicação.

Caso esteja a tomar qualquer medicação, deve informar o seu médico antes de ele/ela lhe receitar qualquer laxante. Em geral, laevolac tem boa compatibilidade com outros medicamentos, mas o seu médico deverá decidir o que é melhor para si.

Sim. laevolac só é digerido no cólon, enquanto a absorção das hormonas contracetivas tem lugar no intestino delgado. Por conseguinte, não são esperadas interações com os contracetivos orais ao tomar lactulose. No entanto, podem ocorrer episódios graves de diarreia quando são tomados laxantes em doses elevadas. Isto pode diminuir a eficácia da 'pílula'. Nesses casos, são recomendadas formas de contraceção adicionais ou de reforço.

Como todos os medicamentos, laevolac por vezes tem efeitos secundários. Pode ocorrer flatulência ou dor abdominal durante os primeiros dias de tratamento. Em geral desaparece ao fim de alguns dias. Consulte o seu médico se os sintomas forem persistentes.

Para algumas pessoas a obstipação é um problema ocasional, enquanto para outras é um problema crónico. laevolac normalmente deve ter um efeito significativo ao fim de alguns dias. Devido ao modo de ação suave e perfil de segurança demonstrado, laevolac também pode ser utilizado a longo prazo. Contudo, consulte o seu médico se a obstipação persistir, se sofrer de cólicas dolorosas ou qualquer hemorragia inesperada.

Os pré-bióticos são componentes dos alimentos ou hidratos de carbono que estimulam o crescimento de bactérias benéficas no cólon. Estas substâncias são utilizadas como fonte de energia principalmente pelas bifidobactérias e pelos bacilos de ácido láctico. A literatura científica demonstra que a lactulose, o ingrediente ativo do laevolac, é um pré-biótico reconhecido. Por conseguinte, laevolac ajuda a ativar os mecanismos naturais para restituir o equilíbrio microbiano e o funcionamento do cólon.

Caso tenha quaisquer efeitos secundários fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro. Isto inclui quaisquer efeitos secundários possíveis não listados neste folheto.

Ao comunicar efeitos secundários, pode ajudar a fornecer mais informações sobre a segurança deste medicamento.

Comunique os efeitos secundários ao seu médico, farmacêutico, à autoridade nacional da saúde ou envie o formulário preenchido para o seguinte endereço:

FRESENIUS KABI AUSTRIA GmbH
Estermannstraße 17
4020 Linz
Austria
E-mail: international.linz@fresenius-kabi.at